Categoria: Mamãe Blogueira

Categoria destinada à troca de experiências maternas por meio de divertidos textos da jornalista Carol Garcia

Aprenda a atrair dinheiro

 

Isaac resolveu que queria um brinquedo.

Uma fortuna.

E daqueles que a gente sabe que vão durar dois dias e logo serão esquecidos.

Então resolvemos usar o tal brinquedo para mostrar ao Isaac que se deve juntar dinheiro para

comprar algo.

Forma lúdica, sem complicações.

Logo, nomeamos as notas com os animais que elas carregam:

– 5,00 – garça

– 10,00 – arara

– 20,00 – mico

– 50, 00 – onça

– 100,00 – garoupa

até aí tudo lindo.

Mas acontece que o bendito brinquedo custava 4 garoupas (afe!) e nós explicamos que se ele

economizasse, guardando as moedas e notinhas que conquistasse, um dia compraria o que

quisesse.

(enfim, a esperança era que, até que uma tonelada de moedinhas se transformassem em

quatrocentas pilas, a vontade da vez já fosse outra, mais útil e interessante)

Então se pôs Isaac a calcular animais.

– Mãe! Quantas araras dão uma garoupa? E garças? Onças?

E eu passei dias fazendo contas. Em números e animais.

Mas Isaac ia além e perguntava para quem bem entendesse, quantas garoupas a pessoa tinha

nos bolsos.

Uma coisa.

E ele manteve firme o propósito.

Até que ganhou o tal brinquedo de um avô babão.

Ficou feliz.

– Agora posso gastar minhas moedas em outra coisa.

Mas aí é que colhemos os frutos.

Outro dia perguntei se ele pensava em gastar o dinheiro.

– Não mãe, ainda não tive vontade de abrir meus cofrinhos. Estou só economizando.

assinatura-carol-v3 (3)

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Mamãe Blogueira

das ferias

**quando posts antigos continuam ensinando lições valiosas pra esta mãe que vos tecla.

Isaac é criança nada apegada aos pedais, bolas e corridas.

Não gosta. Não se interessa. Diz que odeia futebol e que prefere os livros.

E daí que férias, né? pensei eu… bem que ele podia sair por aí descobrindo as delícias do vento

batendo no rosto, da adrenalina, enfins…

Só que nada.

Ele quer é passar horas na locadora, garimpando velharias cinematográficas.

Ele quer cineminha. Ele quer revistas aos montes. Livros sem fim.

E paz e sossego nos braços tecnológicos de seu tablet.

Mas ontem eu resolvi que não seria assim.

– Vamos pro parque aqui do condomínio. – Determinei com ar bravo e decidido.

Ele foi. Todo encapotado e com uma marra daquelas. Lógico que não queria.

Mas eu tive ideia. Daquelas que a gente tem quando tá quase desistindo de tudo. Sabe?!?!

Me enfiei no parque com ele e coloquei “fases” nas brincadeiras.

Como se fosse um videogame. Obstáculos, missões, prêmios, bônus, tempo, tudo o que eu

tinha direito.

Folhas secas viraram pontos de choque. Sementes foram capturadas como energia. Pedras

eram obstáculos e bombas na areia.

No meio da loucura toda nós:

– corremos

– rimos

– escalamos

– escorregamos

– contamos

– equilibramos

– nos divertimos

e o melhor, juntos. Nós dois.

Ai ai… A vida é tão simples.

assinatura-carol-v3 (3)

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Mamãe Blogueira

 

 

do exercício físico

Meu filho, Isaac, não é chegado em exercícios físicos.

Nunca foi.

Acho que nasceu assim.

Temos esse gen, eu e ele, esse DNA sedentário, com o qual luto desde a minha infância.

Mas essa sou eu.

Isaac não. Ele não quer lutar.

Ele adora ser um projeto de bicho preguiça.

Fica imensamente feliz com o simples fato de deitar no sofá e soltar um aaaaaaaa de alívio e

gratidão pela almofada alcançada.

Odeia rodas. E diz isso desde que aprendeu a falar.

Motoca, triciclo, bicicleta. Nada. Nem hotweels.

Acha uma perfeita perda de tempo coisas como correr, caminhar, nadar.

E sempre deixa isso bem claro:

– Vamos lá Isaac! pulando entre as árvores! – diz a mãe empolgada que resolveu jogar o

sedentarismo de toda a residência pra um outro mundo.

E a cria vai, toda linda e saltitante.

Diante de uma fileira de árvores, lembra dos números:

– Mãe, que árvore é essa?

– É a primeira.

– E essa?

– A segunda.

Pulos depois…

– E qual é essa Isaac? Aquela é a primeira, a segunda e essa é a…..

– A Última. Vamos pra casa?

 

assinatura-carol-v3 (3)

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Mamãe Blogueira

lingua portuguesa

Isaac fala.

Fala.

Fala.

Mais que o homem da cobra.

Pelos cotovelos.

Acordado e dormindo.

E então que já tem suas brigas básicas com a Língua Portuguesa.

Básico.

Além de inventar palavras e significados, ele agora fala da maneira que mais lhe parece ter

sentido.

A gramática da vez é a seguinte:

– Mãe, você desapaga a luz pra mim? Tá escuro aqui.

– Vou desacender a luz e vai ficar tuuuudo escuro.

– Hei! Você tá desaumentando o volume?

– Não desabaixa o som não!!!!

– Esse tênis está inconfortável.

– Esse sapato é desinconfortável.

– Essa brincadeira é chata. Esta desdivertida.

E por aí vai.

PS: A gente explica, mostra a maneira certa, muitas vezes mais simples, mas pra ele assim é

melhor. Então tá. Vamos com calma.

 

assinatura-carol-v3 (3)

 

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Mamãe Blogueira

texto vc tem que mandar em mim

E então que chegou o dia…

Ah, o dia em que seu filho, não! no caso o meu filho. Aquela criaturinha loira que ontem mesmo cabia no meu colo…

O dia em que meu filho começou a me peitar.

Sério e de fato.

Eu falo algo e ele faz exatamente o contrário.

Peço e ele ignora.

Em tudo.

Falo com a orelhinha, sozinha, com as paredes.

Essa semana já ouvi as máximas:

– Você manda mesmo em mim?

– Eu só vou parar A HORA QUE EU QUISER.

– Você não manda em mim NÃO!

– E eu mando em quem?????

– Ai, lá vem você falando de respeito…

– Humpf…(vira os olhos, bufa, bate com as mãos nas coxas) … eu tinha certeza que você ia falar isso.

E hoje, agora pouco, depois de eu falar um milhão de vezes “Isaac, não toque na lâmpada! Está quente e vai te queimar!” o mesmo Isaac mete o pezão descalço na lâmpada em questão, se queima e chora.

Depois do banho, pomada passada, ele olha bem pra mim e manda:

– Eu seeeei que você me avisou, mas você acha que manda em mim?????

Oh! Lord! E ele só tem quatro anos…

O que fazer?

Carol Garcia

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Mamãe Blogueira