10 maneiras de criar tempo

Há tempos eu li um post chamado 10 maneiras criativas para conseguir criar tempo para ficar com os filhos no blog Inner Child Fun e achei que o tema tinha tudo a ver com os desafios que eu vivo no cotidiano e que me levaram a criar o Tempojunto. Não deveria ser assim, mas o fato é que, com a correria do dia a dia, os filhos muitas vezes acabam ficando com o que sobra do nosso tempo, depois de tudo o que as obrigações da casa e do trabalho exigem. O tempo de brincar junto, então, esse praticamente não existe.

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Cantinho do Aprendizado

habitos saudaveis

Exemplo dos pais faz toda a diferença; as crianças imitam o que veem, por isso os adultos devem escolher alimentos saudáveis e passatempos ativos

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Desenvolvimento e Comportamento Infantil

historias

As historias infantis são de enorme importância no desenvolvimento das crianças. Elas permitem fantasiar e simbolizar, dando asas à imaginação. Ajudam a solucionar diversos dilemas e estão repletas de importantes simbolismos para direcionar algumas questões que precisavam ser elaboradas.

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Psicologia e Educação

Captura de Tela 2015-03-11 às 22.42.05

Sabe aquela fase?

Qual delas? Pergunta a já calejada mãe de um menininho observador de 4 anos.

 

Pois então vou contar um causo:

 

Saí toda atarantada para entregar uma encomenda constituída por 35 frasquinhos de vidro.

Repousei a caixa repleta de frasquinhos, prontos, lindamente embalados, no banco da frente do carro.

Eis que surge a coisa mais linda desse mundo e se enfia no carro pisoteando no banco.

Isso, no banco onde repousava a caixa, que guardava os frágeis frasquinhos.

Peço uma, duas, dez vezes e nada.

O menino loiro só me olhava de rabo de olho e alí persistia.

Encarno a educadora errante e, no medo da merda feita, puxo a cria pela camiseta.

De quebra ele ganha um beliscão no meio das costas.

Pele e camiseta vieram as duas juntas no meio do pacote do desespero materno.

Ele emburra, acha um absurdo.

Eu, toda cheia de culpa, prefiro não mexer muito pra não feder, enfio menininho emburrado no carro e saio.

No meio da caminho dessa graça de vida havia uma outra figura.

Velhinho, cabeça branca, bengala em punho, tentando atravessar rua movimentada.

Fiz o que meu coração e educação mandaram (alô mamãe!) e parei o trânsito.

Pus carro no meio da via, esperei senhorzinho (que nem agradeceu, buá) atravessar e segui.

Mas eu não perco a mania:

 

– Viu, filho?!?! Nós acabamos de fazer uma gentileza.

 

Ele bufa, olha pra mim como quem olha um pão embolorado, olha o senhorzinho e resmunga alguma coisa.

Não ouvi e, lógico, pedi que repetisse.

E tomei:

 

– Gentileza seria se você não me beliscasse. Nunca mais!

 

Carol Garcia

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Mamãe Blogueira

sarampo

Estamos sempre dando alertas para a vacinação de sarampo, pois após muitos anos de silencio a doença voltou a aparecer em algumas regiões do mundo, como a Califórnia, estado americano. Este surto serve de lembrete da vulnerabilidade das crianças que não estão imunizadas.

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: PrevençãoSaúde da Criança