rejeitada

Isaac não me ama mais.

buááááááá…….

Pronto.

Limpa rostinho.

Drama feito, posso continuar…

Acontece que eu, tão acostumada a ter o grude da mamãe sempre por perto agora me vejo jogada de escanteio.

Sério. Ele não vê mais graça em mim.

(escorre lagrimazinha)

Ele não me dá mais tanta bola.

(solucinho)

Ele prefere assistir o Ben 10 do que brincar comigo no chão da sala.

(toma golinho dágua)

Ele bufa e olha pra cima quando eu tento uma aproximação.

(mão na cabeça e suspiro profundo)

Diz a Querida Psicóloga (e eu resumo aqui bem resumidinho) que a culpa é do Édipo, aquele sacana.

Que é uma fase em que Isaac está se sentindo excluído por eu não deixar que ele tome o lugar do pai, do meu trabalho e seja tudo pra mim nessa vida.

Mas ele é! – diz a mãe indignada, contida e sofredora.

Ele é. Mas nem tanto, saca?

Não pode ser.

E então que agora ele se vinga de mim com um comportamento “sai daqui que eu não preciso de você” com pitadas “vou fazer muita coisa pra te provocar”.

Logo, como consequência eu virei a chata da rotina que envolve tomar banho, remédio, escovar os dentes, dormir na hora, natação, pediatra, dentista, aula de inglês.

É o que temos feito juntos.

Ontem tentei até o fim do dia que ele sentasse pra brincar comigo.

Uma das respostas foi “eu ainda tenho uns minutos no iPad, né?” e a outra foi “agora é hora do filminho”.

Choro? Choooooro escondidinha no banheiro.

Acabou?

Nada.

Na tal hora do filminho sentei pra assistir junto e ganhei uma bufada catalã. Daquelas que me deu saudade de Barcelona.

A seguir cenas…..

 

Carol Garcia

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Mamãe Blogueira

brincardefazdeconta

Em geral, a partir dos 3 anos as crianças querem um tempinho para brincar sozinhas, sem os adultos por perto. Nessa hora entra, por exemplo, a “brincadeira de imaginação”, que na linguagem dos especialistas em desenvolvimento se chama: faz de conta.

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Cantinho do Aprendizado

marcha

Que criança nunca brincou de “marcha soldado” ao menos uma vez na sua vida? Que não foi policial, bombeiro e soldado? Que não fez chapéu de jornal e marchou feliz? Certamente a marcha faz parte de nossas brincadeiras infantis e é essencial para o desenvolvimento motor. Mas, o que é exatamente a marcha? Por que ela é tão importante?

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Atividade Física e Saúde

avião

Após enfrentar multidões, filas e turbulência, as famílias que viajam muitas vezes encontram conforto em refeições com lanches engordurados, salgadinhos fritos e alimentos açucarados disponível frequentemente encontrados em aeroportos. Mas, de acordo com a Academia de Nutrição e Dietética Americana, os momentos de estresse são exatamente quando seu corpo mais precisa de boa comida e com os nutrientes certos.

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Saúde da Criança

saúde x peso

As discussões sobre alimentação com foco em peso não costumam surtir efeito. É hora de sair desta conversa negativa em favor de algo mais positivo. Concentrando-se somente no peso, muitas vezes o tiro pode sair pela culatra e, no caso de crianças e adolescentes, pode gerar o sentimento de culpa e insegurança sobre seus corpos, tendo como consequência até mesmo algum tipo de transtorno alimentar.

  

Seja o primeiro a comentar
Categorias: Saúde da Criança